Buscar

Tramandaí Mais Verde

ODS 13- Ação contra a mudança global do clima


Período: maio de 2021 a dezembro de 2024.


Somos, Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, obstinados pela promoção de nossas missões, com qualidade e excelência. Como signatários do Pacto Global da ONU, somos comprometidos com os 10 princípios relativos aos Direitos Humanos, ao Trabalho, ao Meio Ambiente e à Anticorrupção e, também, com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e suas metas.


Incentivamos o uso da inteligência coletiva e alinhamos a atuação das equipes, com um propósito claro e praticado no dia a dia, motivada de dentro para fora, com autonomia e responsabilidades compartilhadas, para criar impactos positivos e verdadeiros, que vão muito além dos resultados financeiros, mas que abarcam mudança, felicidade e desenvolvimento.


Iniciamos a elaboração do projeto durante o planejamento da Semana do Meio Ambiente Sesc e Senac em maio de 2021. Após a descrição do projeto, nos reunimos com a prefeitura municipal através da Secretaria de Meio Ambiente (SMAM) e Prefeito Municipal, que são principais parceiros no Tramandaí Mais Verde.


A realização do projeto é do Sistema Fecomércio-RS/ Sesc/Senac e Prefeitura Municipal de Tramandaí, com o apoio de demais órgãos públicos, entidades, universidades, empresas do comércio local e comunidade em geral.


O Projeto Tramandaí Mais Verde fomenta, estrutura e trilha caminhos possíveis para ampliar a cobertura vegetal da cidade de Tramandaí/RS, cujo bioma é a Mata Atlântica, recuperando áreas degradadas e áreas de proteção permanente.


Além disso, contribui para uma ambiência esteticamente mais bela e salutar, através da arborização dos espaços coletivos da cidade, e fortalece os processos da educação ambiental.


Objetivos:

- (Re)florestar a cidade com 5 mil mudas no período de até 3 anos;

- Avaliar a evolução das áreas (re)florestadas;

- Recuperar espaços naturais degradados no Município de Tramandaí;

- Propor normas, regulamentos técnicos e procedimentos, voltados para recuperação de áreas degradadas e à manutenção da cobertura florestal, que garantam sua biodiversidade;

- Contribuir para a diminuição dos impactos ambientais, inclusive, as emissões de gases do efeito estufa, que são gerados pela remoção da vegetação nativa;

- Envolver diversas áreas do município de Tramandaí, como exemplo: Órgãos públicos, ONGs, empresas e a comunidade em geral, no desenvolvimento do projeto de (re)florestamento;

- Sensibilizar a comunidade para o cuidado com o nosso meio ambiente, através das práticas de educação ambiental na cidade.


Metodologia


Iniciamos o projeto com uma pesquisa aplicada à comunidade de Tramandaí e veranistas, onde identificamos o interesse da população em contribuir com a ação, os locais de maior necessidade de plantio e a definição do nome do projeto. Após, o mesmo foi avaliado tecnicamente por especialista em sustentabilidade do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, e, posteriormente, levado ao conhecimento e avaliação, também, pelos responsáveis técnicos do Município.


A metodologia consiste em algumas etapas: mapeamento dos locais de plantio; identificação das árvores que serão plantadas; doação e manutenção das mudas; captação de patrocínio; identificação de padrinhos para os locais de plantio; realização do plantio e monitoramento dos mesmos; registro e rastreabilidade das árvores, através de relatório anual.


Temos como meta o plantio de 5.000 árvores até o final de 2024, sendo 500 em 2021 e 1.500 em cada um dos próximos três anos. Lançamos o projeto na Semana do Meio Ambiente do Sesc e Senac em junho de 2021 e iniciamos o plantio das mudas no Dia da Árvore em 21 de setembro do mesmo ano.


A secretaria do meio ambiente fez um levantamento das espécies nativas e frutíferas que se adaptam melhor ao clima do litoral gaúcho.


Junto com o Sistema Fecomércio-RS / Sesc/ Senac, a SMAM realizou o mapeamento dos locais de plantio, segmentando o município em regiões.


Através de visitas ao comércio local pelas gestoras de Sesc e Senac, captamos patrocinadores para a operacionalização do projeto e foram identificados e convidados empresários e instituições que são os padrinhos dos locais de plantio. Está disponível no hotsite do projeto, hospedado no hotsite do Sesc-RS, um formulário para interessados no apadrinhamento dos locais de plantio. Desta forma envolvemos toda a comunidade com o projeto.


As mudas estão sendo doadas pela comunidade, empresas e entidade e são realizadas sistematicamente oficinas de plantio no Horto Florestal em Tramandaí. O plantio acontece pela Secretaria do Meio Ambiente com a participação dos colaboradores do Sesc e Senac.


Em parceria com a Secretaria de Educação estamos trabalhando a disseminação e engajamento do projeto na comunidade escolar, com gincanas, plantios e através do vídeo elaborado para a divulgação do projeto.


Em parceria com a Ecooar, estamos realizando os registros e rastreabilidade das mudas plantadas. A Ecooar é uma plataforma que utiliza a tecnologia da informação para calcular a quantidade de emissão de gases de efeito estufa emitidos no dia a dia. Além disso oferece o selo verde Ecooar, para empresas participantes do projeto, que tem a proposta de compensar parcial ou totalmente as emissões de gases tóxicos gerados por atividades empresariais.


Além dos registros no site da Ecooar, elaboramos um relatório com a descrição de todas as ações realizadas, conforme metodologia, cronograma e objetivos do projeto. Temos um cronograma que é monitorado nas reuniões mensais do projeto e até o presente momento as ações foram realizadas conforme planejado. Durante o planejamento do projeto, identificamos que a cidade de Osório possui um projeto similar e conversamos com o secretário do meio ambiente do município, o que contribuiu especialmente para a identificação de pontos de atenção para o projeto, como: escolha das mudas (espécies e tamanhos), manutenção após plantio, inclusão de telas de proteção, entre outros. Um diferencial que adotamos, a partir deste referencial, é a hospedagem das mudas e demais insumos no Horto Florestal, até o plantio.


A parceria com a Ecooar elevou o Tramandaí Mais Verde a um novo patamar. Hoje, segundo o diretor da empresa, somos o único município do mundo a executar um projeto como esse, com o rastreio de todas as árvores, que pode ser consultado por todos no site.


Um aprendizado importante identificado no monitoramento do cronograma, foi a definição dos locais de plantio, conforme necessidade e não apenas por região, como definido inicialmente. Assim, ampliamos os locais para escolas municipais, estaduais e particulares, por exemplo. Com relação ao envolvimento das partes interessadas, foi realizada uma Gincana no município, com tarefas relacionadas a educação ambiental, como o plantio de árvores. Foram envolvidas 12 escolas, das esferas municipal, estadual e particular. Todas as escolas trabalharam com o vídeo de divulgação do projeto, durante a semana da árvore.


Os padrinhos responsáveis pelos cuidados dos locais de plantio até o momento são: AIAPLIN - Associação dos Idosos, Aposentados e Pensionistas do Litoral Norte, CDL Tramandaí/Imbé, Remax Imobiliária, Sesc e Senac, CRA RS e Unlock Training.


Uma importante parceria para o projeto foi o envolvimento da Faculdade de Agronomia da UFRGS, que está trabalhando com os alunos da disciplina de Arquitetura e Urbanismo um projeto para a revitalização e arborização de uma das principais praças do município, a General Muller, localizada à beira mar.


Para o Sistema Fecomércio / Sesc / Senac, o principal resultado é a melhoria da qualidade de vida do município em que atuamos, além da visibilidade que uma ação como essa proporciona. Percebemos que estamos gerando uma movimentação na comunidade para a conscientização ambiental, uma vez que outras pessoas e empresas estão plantando árvores e revitalizando canteiros.


Como primeiro grande projeto executado em conjunto pelas duas instituições, outro ganho é a integração entre as equipes e fortalecimento da cultura tri juntos. Do dia 21/09/2021 até 10/11/2021, foram plantadas 366 árvores e recebidas quase 1.000 mudas.


Temos cinco patrocinadores que geraram uma receita de R$ 10.000,00 e permuta das placas de identificação nos locais de plantio. São eles: Enter Comunicação Visual, Rei do Açaí, Sindicato dos Comerciários do Litoral Norte, Restaurante Pouso Novo e Remax Imobiliária.







1 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo